AAFIT homenageia o Dia Internacional da Mulher

Em uma conferência na Dinamarca, realizada em 1910, estipulou-se o Dia Internacional da Mulher. Essa medida foi adotada em homenagem a um grupo de mulheres de uma fábrica de Nova Iorque que, no dia 8 de março de 1857, decidiu entrar em greve para reivindicar melhores condições de trabalho, redução da jornada diária (que era de 16h) e salário igual ao dos homens, que recebiam cerca de três vezes mais. O resultado, infelizmente, entrou para o livro das histórias brutais e covardes: os donos da fábrica fecharam o galpão de trabalho, atearam fogo nas grevistas e mais de 120 tecelãs morreram carbonizadas.

Talvez, não fosse por essa atitude corajosa, o mundo machista não teria olhado para a cozinha (ou para o quintal) e permitido que a beleza deste mundo (a mulher) saísse de lá e alcançasse, merecidamente, o direito ao voto e à educação, além de cargos em grandes empresas e nos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário.

Óbvio que há muito ainda a ser feito para acabar de vez com esse abismo repleto de disparidades entre os sexos, mas, a cada dia, as mulheres calçam uma luva - para não quebrarem ou sujarem as unhas - e jogam um punhado de terra nele. Porém, não é de qualquer maneira, uma vez que fazem isso com determinação, sensibilidade, beleza, competência, charme e com todas as outras qualidades que somente esse ser inigualável possui.

Mulheres, o mundo é de vocês! A AAFIT parabeniza todas as mulheres, em especial às associadas, dependentes e pensionistas, e agradece por iluminarem nossa vida todos os dias. O Dia da Mulher não é só em 8 de março. Ele deve ser comemorado todos os dias. Sempre!

Beijo no coração de todas vocês...

(Autor Diego Freitas)

Parceiros